A criação de um site pode ser um pouco mais delicada em questões de design e arquitetura em si do que realmente em questões técnicas. Não me leve a mal, um site robusto vai precisar de bastante conhecimento de programação e coisas semelhantes.

Entretanto, um ponto que muitos designers de sites, e até mesmo programadores e analistas de SEO, acharam extremamente conveniente, foi a possibilidade de criação de subdomínios.

Este é um recurso que hoje está em grande uso e que se torna parte importante da maioria dos sites de grande porte. Principalmente daqueles que já estão há algum tempo no mercado ou mesmo para aqueles que já querem começar com uma estrutura grande.

Hoje gostaria de gastar um tempo para falar um pouco mais sobre este recurso e suas utilizações.

Vamos conferir?

O que é um subdomínio?

Então, um subdomínio é um particionamento do seu site, uma subdivisão em um outro domínio menor que carrega o nome do domínio original. Assim como o exemplo “site.com” carrega o “.com” o subdomínio “sub.site.com” carrega o domínio pai “site.com”.

De maneira geral este subdomínio possui a mesma hospedagem e origem de arquivos, embora possa receber IPs diferentes e até mesmo ser considerado de empresas diferentes.

Mas na prática é muito utilizado por uma mesma empresa para separar funcionalidades e arquiteturas diferentes de um mesmo site.

Por exemplo, digamos que seu site seja uma grande loja de materiais de construção, pode ser interessante inserir um blog para atrair público pelo conteúdo, o que é melhor realizado pelo subdomínio com links para o domínio original.

O subdomínio é tratado normalmente como um site à parte, então todo o seu design, configuração e programação precisam ser criados do zero na maioria das vezes. Templates e CMS são possíveis de serem importados, como por exemplo é o caso do WordPress.

Entretanto, o uso de um subdomínio, mesmo quase sempre sendo gratuito, costuma não valer a pena se você não tem um motivo muito específico para isto. O ideal é que você utilize somente se houver um bom motivo para separar aquele site do domínio principal.

Até porque o SEO pode acabar prejudicado, pois o Google vai considerar ambos como itens separados.

 

Considerações finais

Como você pode ver, o subdomínio é um recurso extremamente útil e que pode ser significativo para o impulsionamento e criação organizada da arquitetura do seu site. Entretanto, isto significa muitas vezes um trabalho mais aprimorado, e pode ser desnecessário.

Então, o ideal é sempre estudar cada situação de maneira isolada, assim você garante que terá uma maior capacidade de fazer a escolha certa.

Uma excelente ideia é entrar em contato conosco para fecharmos um projeto. Podemos estudar as suas necessidades e traçarmos um plano que seja realmente benéfico para todos, achando o caminho mais produtivo e econômico.

Então por hoje é isso, espero que você tenha entendido o que é um subdomínio. Mas se ainda houver alguma dúvida, sem problema, basta entrar em contato nos comentários.

Até a nossa próxima dica!

Fale Conosco