Eu não sei exatamente qual é a sua relação direta com tecnologias de ecommerce, mas provavelmente você deve ter ouvido falar sobre o assunto por esses dias. Principalmente se levarmos em conta um mercado que está desproporcionalmente aquecido por fatores únicos.

A pandemia do novo Coronavírus aliada às políticas de isolamento social fizeram com que a migração do presencial para o online se tornasse mais rápida. Entretanto vale a pena dizer que este já era um movimento em existência.

Então por que não tentar algo no mercado aprendendo, do zero, como criar uma loja virtual de roupas?

Estou aqui para te entregar dicas desde as mais básicas sobre como fazer esta empreitada.

O objetivo é te dar uma base para começar a sua primeira loja online.

Vamos dar uma olhada?

Como criar uma loja virtual de roupas?

Primeiramente é importante dizer que estas são algumas dicas bem básicas para orientar no que é mais simples.

Se precisar de uma orientação mais sólida do assunto estou à disposição para tirar todas as suas dúvidas, basta apenas você entrar em contato, ok?

1 – Defina a sua estrutura

Uma loja virtual em tese é nada mais, nada menos, do que um site com funcionalidades extras. Então, o caminho que a gente segue logo de cara é o mesmo de se criar um site comum.

Definimos o nicho de atuação, que no nosso caso será o de roupas. Mas pode ser o caso de você utilizar algo ainda mais específico, como por exemplo uma loja de roupas esportivas.

Após isto você ficará encarregado de comprar o domínio do site. Este é o nome do site em si, aquele que você digita no navegador para acessar o site.

Lembrando que é importante escolher algo que seja facilmente memorizável para os seus clientes.

E a última parte da estrutura é escolher o serviço de hospedagem que irá guardar as informações do seu site. São vários os que você irá encontrar, e cada um possui as suas vantagens.

Mas escolha aquele que permite uma instalação de WordPress ou Magento.

2 – Escolha a plataforma ideal

Hoje em dia possuímos ferramentas que são bem fáceis de modelar uma loja. Entre elas já destaquei ali atrás o WordPress e o Magento.

Embora o WordPress seja uma ferramenta para criação de blogs, você terá à disposição o plugin WooCommerce, que permite transformar o WordPress em uma loja online.

Nestas duas ferramentas você poderá criar um site totalmente personalizado, além de contar com todo o apoio para gerenciamento de estoque.

3 – Aposte no marketing digital

Agora que a sua loja já está operacional, você precisa de uma forcinha para conquistar seus primeiros clientes.

O marketing digital é a maneira mais rápida e eficaz de encontrar pessoas que estão interessadas pelos seus produtos. Sendo por exemplo uma ótima opção usar a combinação de redes sociais com Google Ads. Para entender melhor essa parte do marketing, essencial para o sucesso do seu negócio, veja:

O que é Marketing digital?

Como aumentar as vendas com google ads?

Se possível, crie um filtro que não só salve o registro dos seus clientes, mas que também tenha a capacidade de trabalhar o pós venda também.

No mais é isso, espero que você tenha excelentes resultados.

Até a próxima!