O comércio virtual já opera há mais de duas décadas, como um sistema seguro que envolve dados pessoais e reais cobranças de maneira satisfatória para consumidores e vendedores.

Dentro deste universo online, existem várias opções para venda de produtos ou serviços por diversos “canais”, criando relacionamentos comerciais com pessoas “físicas e jurídicas”. Você sabe reconhecer quais são eles?

Vamos te explicar quais são os 7 tipos de e-commerce para que você tenha um melhor entendimento e escolha um modelo de negócio que seja mais atraente e conveniente a sua realidade.

Vamos a eles:

 

1o. Business to Consumer (B2C)

Nesse tipo de e-commerce, a relação se dá entre a empresa (business) e o cliente (customer). São as empresas online vendendo produtos e serviços para o consumidor final. Esse é o tipo mais comum de negociação utilizada no mercado digital. Dentro desses modelo de operação vamos encontrar grandes varejistas.

2o. Business to Business (B2B)

Nessa modalidade a relação acontece entre empresas, tanto consumidor e vendedor são empresas. Operam com vendas somente no atacado. Nessa ambiente existe uma maior exigência entre valores de fretes e prazos de entrega.

3o. Marketplace

Os marketplaces são espaços para promoção e venda de produtos por transações online. Ao invés de vender seus próprios produtos, ele age como mediador, oferecendo produtos de outros lojistas virtuais, podendo vender suas mercadorias. A melhor analogia é chamá-lo de um shopping virtual. Ex.: Mercado Livre.

Dentro do marketplace, além das comercializações “B2C” e “B2B” podem ocorrem duas outras formas de comercialização, são elas:

Consumer to Consumer (C2C)

Nessa modalidade, a venda se dá entre pessoas físicas. Esse tipo de negociação se aplica além de produtos, geralmente são utilizadas para comercialização de prestação de serviços, que podem ser anunciados e contratados através da plataforma.

Consumer to Business (C2B)

Nesse modo são empresas que contratam ou compram ou contratam bens de pessoas físicas. Por exemplo: Um freelancer oferece seus serviços e uma empresa contrata, compra seu serviço, por um trabalho específico e por um determinado período.

4o. Business to Government (B2G)

Essa modalidade funciona com a empresa vendendo bens ou serviços para órgãos públicos. Esse tipo de transação comercial é também conhecida como Business to Administration “B2A”.

5o. Business to Employee (B2E)

Nessa modalidade de negociação, a empresa faz a venda direta de produtos ou serviços para os seus funcionários, desta forma os colaboradores podem ter a oportunidade de consumirem as mercadorias da própria empresa. Essa transação se dá através de uma rede interna da empresa, uma intranet.

6o. Social Commerce (S-Commerce)

Esse modelo é usado para atrair e fidelizar clientes utilizando as redes sociais. Funciona da seguinte forma: – a plataforma permite até a criação de loja virtual, com espaços para a exibição de produtos com os seus valores, e também uma opção com botão de compra que direciona o usuário para uma página de oferta ou checkout.

7o. Mobile Commerce (M-Commerce)

São transações feitas através de dispositivos como smartphones ou tablets, que é também conhecido como m-commerce. Essa modalidade é cada vez mais crescente nas transações online.

Agora você já está mais familiarizado com os modelos de e-commerce online, esperamos que tenha sido útil a postagem e até a próxima.

Fale Conosco