Você já se perguntou se deveria criar um e-commerce ou uma loja física? Esta dúvida está sendo especialmente séria nas mãos de quem ainda não conseguiu criar o seu próprio negócio, afinal de contas estamos falando de modalidades recentes e poderosas.

Muitos encontram no comércio uma maneira de fazer dinheiro rápido, onde muitas vezes o investimento inicial é menor do que qualquer outro tipo de empreendimento. Mas seria melhor fazer tudo à moda antiga?

Seria mais vantagem começar abrindo uma porta no centro da cidade e oferecer algum produto ou serviço? Ou seria interessante investir em um mundo digital de uma vez?

É normal que mesmo que a pessoa utilize a internet por muito tempo, ainda assim não se sinta confortável em começar a desenvolver algo. E a verdade é que as coisas mudaram muito com o tempo, hoje em dia você não precisa mais mexer com código para resolver problemas simples.

A maioria dos programas de CMS, como por exemplo o WordPress e semelhantes, também possuem meios de você criar tudo o que precisa sem aprender nada de programação. Claro, não será a situação ideal, que seria contratar um profissional.

Entretanto ainda teremos problemas e vantagens que valem a pena ser mencionados.

Sendo assim estou aqui para te trazer algumas dicas incríveis que irão tirar a sua dúvida de uma vez por todas.

Vamos conferir?

E-commerce ou loja física? Qual é melhor?

Primeiramente é importante dizer que ambas as modalidades irão exigir um pouco de técnica de vendas. Embora tanto na loja, quanto na internet você possa colocar alguém para fazer esta parte por você, a verdade é que isto aumenta o investimento inicial.

E este é o ponto que incomoda a maioria das pessoas, e que vai fazer toda a diferença no curto, médio e longo prazo. Quanto dinheiro você tem para investir?

Uma loja física terá alguns problemas nesta área, como por exemplo a exigência de um alvará, o aluguel ou compra de um imóvel, a sua mobília e decoração, as contas de água, luz, internet e o que mais precisar, além de um estoque para as vendas.

Em um site você terá a facilidade de começar somente contratando um serviço de hospedagem e outro de domínio. São escolhas bem simples, e que geram despesas na casa dos 40 e poucos reais por mês.

Isto deixa muito mais orçamento livre para você gastar com o que realmente interessa. Utilizando o mercado de afiliados ou semelhante, você também pode iniciar sem seu próprio sistema de vendas ou estoque inicial.

A vantagem neste ponto da loja sobre o site seria a sua posição geográfica, que faz com que pessoas encontrem seus produtos por acaso. O site será encontrado só se você souber como divulgar.

Entretanto, ao aprender as habilidades de divulgação necessárias, você poderá vender para o mundo todo.

Veredito

O caminho mais fácil e barato é realmente o da criação de um E-commerce. E o melhor de tudo é que você pode contar com a ajuda de um profissional Webdesigner que deixará tudo organizado e com todas as funcionalidades prontas para vender.

Precisando de ajuda neste assunto, é só entrar em contato conosco.

Até a próxima!